O Home Office e ou trabalho em casa vem se expandindo no Brasil com o avanço das tecnologias.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

A REFORMA TRABALHISTA

A REFORMA TRABALHISTA

Olá pessoal faz tempo que não posto ando correndo muito graças a Deus voltei a trabalhar na Empresa Atento Brasil no qual estou fazendo todo esforço para me manter lá por um bom tempo, o que preciso agora é passar na experiencia. Enfim nisto lá vamos para dois meses lá e ando sem tempo para poder postar, mas hoje resolvi dar uma trégua.



Vocês como todo o brasileiro que se presa está vendo a loucura que esta ai correndo com a reforma trabalhista, com delações, governo Temer, prende Lula não prende na verdade, desde maio depois do depoimento de Lula o Brasil se voltou a falar somente de Temer e Joesley Batista que diga se de passagem se beneficiou e muito com toda esta confusão, mas não me importo com eles e sim com o que acredito.

O que acontece é que há pessoas que se desdobraram durante anos buscando uma nova lei e reforma para o trabalho que pudesse se adequar com a tecnologia voltada para a evolução, e com leis que se adequem a nova situação do Brasil dentro da Automação seja Industrial e de escritório. 




Onde essas pessoas se desdobraram durante anos estudando e buscando como encaixar no Brasil o que já se pratica a anos em outros países como os Estados Unidos, Europa e tantos outros, seja por meio de mudanças de horário de trabalho e  principalmente o home office, onde vemos como muitas vezes acontece tanta diversidades como, por exemplo, ultimamente vivemos momentos de greves e manifestações que muitas vezes impacta na locomoção de nosso trabalho e casa, mas para pessoas que fazem as leis que nunca estudaram e sim essas pessoas se elegeram por voto popular por fazer parte de um grupo  em algum lugar seja em movimentos de greve ou sindicato, ou até mesmo no seu bairro e conseguiram adquirir esses votos para se tornar deputados, senadores e etc. Sem nunca ao menos fazer faculdade ou universidade tem deles que nem estudo fundamental terminaram, mas estão lá representando um povo e falando coisas sem sentido para mostrar que defendem uma população perdida e sem rumo. Eles não sabem qual a real situação dessas pessoas para poderem criarem uma verdadeira lei que beneficie a população trabalhadora e sim o que fazem é lei que beneficie a si próprio. 

Talvez o mais grave que aconteceu foi que estas pessoas que digitaram o texto da reforma trabalhista  principalmente nas linhas que fala do home office e terceirização possam ter errado em uma coisa que não era o momento de apresentar este trabalho para este governo realizar o pedido de mudança de lei trabalhista em um momento critico e frágil que o pais se encontra  com esta crise politica acima de tudo onde cada um usa de todos os meios para seu beneficio próprio e com esta confusão total onde os políticos  o que querem com esta reforma é usarem de tudo para atingirem o governo sem se preocupar nenhum momento com a população  ao meu ver se não conseguirem aprovar ou se aprovarem mudando o texto original esta reforma para se ter uma nova reforma agora irá demora mais uns vinte anos. Mas volto a dizer quando seria o momento preciso? Quem iria ouvir o grito que já se arrasta por mais de vinte anos que governo iria acatar? 

Enfim as palavras e imagens dizem por si só o que quero deixar abaixo o vídeo que me deixou indignada do que alguns deputados disseram sobre o trabalho home office chamando quem defende este trabalho de individualista. Se estas pessoas são individualista só digo algo porque perderiam seu tempo indo buscar amparo em lei. Fariam seu trabalho sozinho trabalhando até porque os que são especialistas em alguma área tem condição de trabalhar para multinacionais e empresas internacionais fariam tudo sem ao menos lutar, ou divulgar, mas eles querem mostrar a um todo que há como mudar e abrir porta não somente para si, mas para muitos outros. Por um tempo  eu  acompanhei de perto estes homens e mulheres que as vezes até se divergem em seus pensamentos mais no fundo tem um só objetivo em comum ajudar a muitos ter uma oportunidade digna de trabalho e todos eles fazem isto voluntariamente dando sua cara a tapa para ver um pais melhor com dignidade de trabalho , condições sociais e qualidade de vida diferente do que se ver, mas infelizmente não é o que vemos. Como dito acima deixo abaixo o vídeo com o discurso. E julguem vocês por si só o que acreditem.

Finalizo minha fala com uma reflexão mostrando a todos que hoje nós vivemos dias raivosos, onde as pessoas não entendem mais ninguém, e não se importam se alguém quer lhe ajudar e/ou em ajudar outrem, porque não querem e não aceitam ajuda ou fazer algo para ajudar alguém acham que sabem tudo e o mais forte pisa no mais fraco sem se importar a dor que vão causar!!!






sábado, 8 de abril de 2017

TERCEIRIZAÇÃO – SOBRE O QUE PENSO SOBRE A LEGISLAÇÃO E O DESEMPREGO 3ª Parte.

TERCEIRIZAÇÃO – SOBRE O QUE PENSO SOBRE A LEGISLAÇÃO E O DESEMPREGO 3ª Parte.




Terceirização
Acreditava eu que já há muito tempo que a lei da terceirização já estava  decretada, porém depois de mais de vinte anos agora este problema é ressuscitado e sem nenhuma explicação e orientação clara a população em geral e as escolas ensinam sempre as mesmas coisas antiga e não dão uma formação sobre as novidades, ou seja, em um ensino médio em vez de darem sempre as mesma matéria deveriam ampliar para o ensino técnico das tecnologias e serviços para que a grande massa de pessoas que terminam o ensino médio consigam assimilar para que o se formou, mas deixam isto para a faculdade e muitos não vão para a faculdade, e por isto que quando surge uma lei como esta para discussão assusta a todos. Para mim a terceirização é bom para a criação de empregos, mas é claro que não é bom para a empresa ter os serviços principais realizados por terceiros porque  se não pode vir acabar a empresa desaparecendo do mercado se ela não tiver alguma participação no seu negócio, quer dizer ela fica sem foco.



Vou falar agora de uma coisa que vi em São Paulo dando uma passada por lá por sinal que nem parece, mas lugar de paulistano e sim esta todo estrangeirado,  vi várias placas nas lojas de vestuário com os dizeres: "Precisamos de oficina de costura", nisto já se identifica que o que eles querem é terceirizar o serviço, mas também tem um problema que eles pedem CNPJ. Porque não seria difícil uma pessoa ter em sua casa algumas maquinas mesmo que ela não fosse costureira, mas conseguisse gerir o negócio contrataria umas costureiras e assim teria emprego em um bairro ou em uma comunidade. Mas sempre por traz disto vem as espertezas. E as burocracias.


Vou dar um exemplo para se melhor entender conheci uma pessoa que montou uma confecção com várias maquinas onde ela conseguia pagar um salário até que bom para as costureiras diferentes de muitas que as vezes não conseguem por conta da empresa que lhe passa serviço que já paga pouco então muitas vezes elas tem que pagar por peça e não salário fixo, enfim esta pessoa pagava salario, passagem e alimentação e também fornecia uma sexta básica, para quem esta desempregado isto é ótimo, mas o que aconteceu foi que as costureiras começaram a faltar, falsificar atestado para faltar e tantas outras desculpas, por fim acharam isto pouco e a levaram para a justiça do trabalho eu conheci o ambiente dela que era ótimo não era fundo de quintal ou hostil como muitos por ai, mas mesmo assim  o que fizeram,  a levaram a justiça do trabalho, ela teve que vender suas maquinas para pagar indenizações e direitos trabalhistas quando fui lá ela chegou me oferecer uma maquina de costura ela estava vendendo várias coisas e também estava vendendo maquinas de costura novas até de ultima geração para pagar dividas e custas. Me fala para mim o que se passa na cabeça de uma pessoa que faz isto? Já vi gente dizendo com o famoso dizer antigo vou no sindicato ponho esta empresa no pau (acionar na justiça)  e tiro tudo deles hoje em dia principalmente com a incorporação de empresa isto para sindicato parece um prato cheio, mas para o funcionário pode se tornar uma armadilha você até pode fazer como fizeram com a moça que contei a história, mas quando você tentar outro emprego, pode ser que não consiga mais o dinheiro que você tirou dela parte vai para custas do advogado, outra parte você gasta atoa na primeira loja em menos de cinco meses precisa de novo de  emprego e agora? O que fazer?



sexta-feira, 7 de abril de 2017

TERCEIRIZAÇÃO – SOBRE O QUE PENSO SOBRE A LEGISLAÇÃO E O DESEMPREGO 2ª Parte.

TERCEIRIZAÇÃO – SOBRE O QUE PENSO SOBRE A LEGISLAÇÃO E O DESEMPREGO




Industria
Um pouco do passado para entendermos o presente e o contexto acima o porque na maioria das vezes o desemprego no Brasil. No século 20 as pessoas como meus pais diziam que vinham para São Paulo e Rio de Janeiro porque se encontrava dinheiro até  varrendo as causadas, isto era um dito popular. Com a dificuldade que eles começaram a passar na agricultura na época começou-se a migração de pessoas para os grandes centros em busca de novas oportunidades e nos centros ficavam sempre próximo a estações de trem e rodoviárias homens com veículos chamando pessoas para trabalhar em industrias  em casa de famílias e outro tipo de emprego que estava se iniciando na época. E assim as pessoas se sentiam uteis estas pessoas foram os que fizeram as grandes periferias que existem hoje os que aproveitaram as oportunidades se tornaram até mesmo empreendedores. Logo com o crescimento das industrias começaram aparecer outras  empresas de prestação de serviços diversos como técnicos de maquinas, eletricistas, jardineiros, pedreiros e tantos outros.




Assim novos negócios se criaram e também se instalaram aqui empresas prestadoras de serviços e bancos até mesmo multinacionais que se instalavam nas cidades, entre elas seguradoras e tantas outras empresas do mercado de prestação de serviço e assim já aparecia também em alguns postos a terceirização.

Mas  neste meio começaram a acontecer as reivindicações por vários motivos, mas deixo destacado dois um porque muitos patrões até por virem descendentes da Europa e tinham ainda a cultura escravagista acabavam oprimindo as pessoas como em muitos lugares existe isto até hoje, e em outro lado  algumas pessoas que colocavam dificuldade em tudo e achava o trabalho cansativo e procrastinavam em algum momento não generalizando, quando havia qualquer tipo de mudança reclamavam  e tinham dificuldades de adaptação neste contexto nasceram os sindicatos. Não estou aqui generalizando e nem dizendo que sindicato é ruim embora eu particularmente nunca gostei deles e não é ninguém que fez minha cabeça eu não gosto e pronto. Enfim continuando e além dos sindicatos o governo viu nisto uma oportunidade de ganhar lucro criando  os impostos e encargos e as cobranças de taxas por qualquer coisa não que imposto não existia antes, mas foram inteligentemente aumentado e com isto vimos em grande massa serem fechados várias industrias, empresas e bancos que foram embora ou acabou e assim acabando-se  com milhares de empregos. 

matarazzo
Para alguns podem até falar que isto é por conta da automação industrial que também se iniciava neste mesmo tempo, mas para mim não é porque se uma empresa se mantem de pé e rica em meio a tanta crise ela também se automatiza, mas quando é afetado diretamente sem capital por conta de tantos processos ela acaba temos o  exemplo da Unilever que tem quase 100 anos. No entanto já nos anos 1970 do século passado podíamos ver no velho centro de SP e bairros adjacentes industrias fechadas e abandonadas. Que se transformaram em templos evangélicos e e outra em escombro e prédios velhos abandonados que até hoje nada foi feito deles. Em se tratando de industrias fechadas no Brasil, basta andar na região onde moro, por exemplo, em alguns quarteirões que  contabilizamos várias, uma das maiores que fechou aqui na região foi a fabrica de cimento que além de oferecer na época empregos diretos também oferecia indiretos a industrias Matarazzo na Barra Funda,  industria de eletrodomésticos e outras,  enfim é só andar no antigo canteiro industrial que existia na região oeste de SP todas praticamente fechadas isto estou dizendo das regiões que conheço e onde não conheço? 


Hoje vemos muitos prédios abandonados e terras que eram usadas para plantar para alimentar e criar gados. Quantas chácaras abandonadas e sítios que hoje são invadidos por movimentos e até por pessoas que não fazem parte de movimento nenhum mais que se apoderam destas terras e prédios e passam a morar ou vender clandestinamente sem nenhuma fiscalização até porque no Brasil é assim se você é uma industria ou empresa, ou do campo que emprega pessoas e mesmo pagando pouco tenta dar uma dignidade a quem não tem logo aparece os fiscais disto ou daquilo e fecha sua fabrica/empresa, ou toma a sua terra, passa os anos você não tem como retomar e quem lhe tomou por bel prazer para "cumprir leis" não faz nada no local, abrindo portas para que outros invadam e depois que invade tem a questão de uso campeão e outras proteção com que faz com que o invasor passe a ser dono e não pagam nenhum imposto ou outra cobrança como energia, etc.

Mas enfim  continuando depois de tudo isto  já no final dos anos 1990 para dar uma arrumada na casa e maquiar pelo menos um pouco a falta de emprego, onde quem não lembra do desemprego desenfreado que ouve naquela época também o que fizeram já que o pais não era mais tão industrial passaram a aparecer os armazéns que começou a ocupar os espaços, onde surgiram as logísticas e os mercados atacadistas, que nada mais são do que terceirização de serviço. No negócio das logísticas também mudaram a maneira de se carregar as cargas que era por trilhos passou a ser por estradas e as viagens de longa distancia também fazendo com que muitas linhas férreas encerrasse suas atividades também diminuindo empregos neste setor. Neste mesmo caminho os bancos para poder aumentar seu capital passou a criar contas para pessoas físicas coisa que antes não existia no século 20 as pessoas recebiam seu salário em envelopes que por sinal era inseguro para o trabalhador e também para  a empresa por conta de assalto, quando os bancos passaram a receber estes tipo de clientes eles tiveram uma maior demanda e para isto precisaram de mais funcionários onde eles conseguiram este trabalho foi na terceirização  e assim começou aparecer também os Call centers  que foram os maiores tomadores de serviço neste setor para atendimento e as logísticas para armazenamento  e a confecção  de cartões eram realizadas por gráficas próprias de bancos passaram a serem confeccionados por terceiras como, por exemplo, a American Bank note,  serviços de entregas de cartões e cartas e tantos outros seguiram este caminho da terceirização.



quinta-feira, 6 de abril de 2017

TERCEIRIZAÇÃO – SOBRE O QUE PENSO SOBRE A LEGISLAÇÃO E O DESEMPREGO 1ª Parte.

TERCEIRIZAÇÃO – SOBRE O QUE PENSO SOBRE A LEGISLAÇÃO E O DESEMPREGO




População
Vemos muitas falas, comentários e reclamações sobre a terceirização onde chega a ser em alguns momentos, por parte de algumas pessoas ofensas que acabam levando para o lado pessoal sem conseguir entender o conceito das coisas, sabemos muito bem que em tudo existe jogada politica, por isto que na minha ignorância acredito que quando uma empresa contrata uma pessoa para ser administrador ele contrata alguém com formação e experiência para isto, neste caso acredito que para ser deputado deveria ser do mesmo jeito ser formado em leis que o é em superior de  direito e em administração e por fim ter experiência administrativa e legislativa não ser uma pessoa que foi influente na fabrica, na cidade no bairro, ou militante que fala coisas bonitas que diz correr atrás de direito, mas não conhece que em existe os dois lados da moeda direito e dever. 


Agora em se tratando da terceirização de serviços antigamente se chamava de alguns serviços de bico e logo veio freelance. Terceirizar serviço na maioria dos conhecimentos é diminuir para a empresa o custo. Mas se você ir mais além e entrar no intuito ideológico do contexto, e ler sobre isto sabe que a terceirização é também oportunidade exemplo disto vemos neste pequeno trecho: "Oportunidade para a Índia deixar sua marca no mundo." - 5° capitulo  - Terceirização: Dez forças que achataram o mundo - O Mundo é Plano - UMA BREVE HISTÓRIA DO SÉCULO XXI - Thomas L. Friedman -  Aqui vemos também uma abordagem deste livro no blog:  administradores "O primeiro capítulo titulado “Só um cochilo” comenta sobre a terceirização de call centers na Índia, que em pouco tempo se popularizou e tornou-se prática de diversas empresas em diversas regiões. Grandes empresas dos Estados Unidos terceirizam suas centrais de atendimento neste país, e apesar de estarem do outro lado do mundo, todos são treinados para que os clientes, ao ligarem “se sintam em casa”, até o sotaque e o nome dos atendentes são americanos. Os funcionários dessas empresas são em sua maioria jovens, que veem o emprego como uma oportunidade para conseguir arcar com os custos de seus estudos e terem uma melhoria de vida no futuro." Nesta reflexão coloco aqui meu pensamento quantas pessoas estão sem oportunidade abaixo da linha da pobreza sem nada para alimentar filhos as vezes catando lixo na rua e em grandes lixões e lugares tenebrosos que se alguém lhes desse uma oportunidade assim como o Doria prefeito de São Paulo esta tentando fazer pelas pessoas seria importante e poderia assim quem sabe voltar a estudar ter dignidade e no futuro a longo prazo conseguir um emprego dentro daquilo que ele se capacitou. Me lembrei de um senhor que trabalhei com ele na empresa Atento tinha o cabelo tão branquinho que chegava a parecer algodão não me lembro do nome dele, este senhor tinha sua formação em cobol uma das linguagens de programação mais antiga e ele após a virada do século ficou desempregado e não conseguia mais emprego em sua área de formação e lá na Atento ele voltou a ter dignidade, pois ele também me disse que estava catando papelão na rua para sustentar sua filha, e passou a trabalhar de atendente lá. 

Para entender um pouco deste senário de desemprego vamos entender  o que aconteceu a longo prazo no Brasil ao contrario de muitos países em vez de criar oportunidades foi o fechamento de oportunidades um dos motivos foi ficarem passando para as pessoas a ideia de que estavam ganhando pouco para se abrir processo contra a empresa, e com isto a empresa para pagar custas de advogados e  direitos com indenizações acaba por fechar as portas e muitas vezes tem que vender seus equipamentos e maquinário para arcar com os custos.
Industria
Outro motivo. Quem nunca viu falar de uma pessoa que perdeu o dedo em uma maquina na industria? E acabamos dizendo estes acidente ocorre por  falta de segurança, em alguns casos sim mas em outros o que houve foi oportunismo. Não vou entrar no mérito da questão se não irão me confundir com pessoa partidária ou politica, e nada disso eu o sou,  mas eu acredito na justiça, na verdade e na seriedade das coisas e não na manipulação das pessoas para se beneficiar com isto. E o que esta em jogo no pais muitas vezes  é a manipulação da massa e oportunismo.  e por  ultimo é o avanço da tecnologia, porém esta não justifica o restante, pois se as empresas se adaptarem a tecnologia ela continua no mercado é somente vermos a quantidade de empresas que são antigas. Agora em se tratando de terceirização eu não li o texto, mas sei que os políticos querem ter ela como meio de manipular a massa até mesmo usar com promessa de emprego em troca de voto. A terceirização séria e de oportunidades esta ninguém quer fazer, porque se quisessem não geraria esta polemica.




sexta-feira, 31 de março de 2017

CONTINUAÇÃO DO CONCEITO DE TERCEIRIZAÇÃO A MEU VER – PORQUE ACREDITO SER IMPORTANTE


O que estão se vendendo na mídia e na politica o que estão vendendo é que terceirização chega a ser como nos tempos dos senhores dos engenhos. Mas para deixar claro a própria politica se usa do serviço de terceirização  principalmente para se promover politicamente, por exemplo, um candidato de um certo partido terceiriza um pessoal durante sua campanha para trabalhar ganhando um determinado valor para ele se ele ganhar ele contrata esta pessoa através de uma outra ou a mesma empresa a pessoa para trabalhar em seu mandato, isto seja para servir cafezinho, serviço de  limpeza, etc. Exemplo disto é somente pesquisar quando tivemos em várias cidades concurso então esta conversa que terceirização vai acabar com concurso isto não funciona.




Agora o que pode estar errado é alguma coisa no texto que não sabemos na integra que precisa ser avaliado, porém é importante ser votado.

Quanto a uma fala que vi na internet que os muitos direitos, encargos e tantas coisas que criaram faz com que se dificulte a empregabilidade no Brasil em partes concordo. Antigamente uma pessoa como uma professora, por exemplo, poderia ter uma pessoa para ajudar em sua casa uma moça, uma senhora e não precisava lhe pagar tanta coisa eu mesma trabalhei como doméstica em minha adolescência e não morri por isto, e conseguia ajudar a minha família que era numerosa e continuar estudando, lembrando que antigamente não davam material escolar nas escolas coisas que as pessoas hoje jogam fora e não dão valor e minha mãe tinha um monte de bebes pequenos e não ganhava leite de governo para sustentar.  Enfim hoje se alguém colocar uma jovem mesmo que ela esteja debaixo da ponte passando a maior necessidade deplorável do mundo para se trabalhar em casa em troca de um dinheiro que seja pouco comida teto e até mesmo roupa mesmo sendo usada é capaz de um politico, ou  pessoa de direitos qualquer aparecer e dizer que esta escravizando. Preferem ver as pessoas jogadas sem condições de vida nenhuma para depois manipularem com seus discursos sociais do que deixar o povo viver livre mesmo que seja com pouco.







Antigamente existia na zona norte de São Paulo lugar onde eu nasci várias pessoas inclusive minha mãe que faziam serviços terceirizados lembrando que naquele tempo nos anos 70 do século passado não se falava esse termo ainda, elas faziam serviços de limpeza em prédios, faziam chupeta em casa que as fábricas levavam, faziam bonecas, bolas, guarda-chuva, costuras em geral, e várias outras coisas que impulsionava a economia daquele bairro, por um  erro meus pais venderam tudo lá vieram para a cidade que vivemos hoje, onde nada disso tinha e passamos por dificuldades, mas esse não vem ao caso, o que quero deixar claro é que sempre empresas utilizaram de meios para dividir tarefas em empresas, antes da era do computador era serviços manuais e  de maquinas mas de costura, ou outras mecânicas até mesmo a de datilografia, para quem já tinha já na era do computador o serviço ficou mais sofisticados em algumas esferas, mas quando se trata de um PJ Home office para computador a capacitação já é bem maior o seu trabalho é mais valorizado, porque ele tem muito a oferecer, exemplo, programador em java nem sempre ele tem uma linguagem somente ele acaba sendo poliglota e nestas linguagens fora que quase sempre esse profissional tem que falar mais de uma língua além de sua nativa.






O que aqui não estão pensando é que hoje qualquer tipo de atividade se faz realizar por um terceirizado principalmente a atividade de fim e linha de frente, quando as pessoas ligam em uma empresa para reclamar de um produto a quem ela recorre ao dono, gerente, o concursado, não é a empresa terceira que esta lá com seu call center preparado para ouvir, quando você vai comprar com quem você fala? Quem cuida da estrutura da sua empresa de toda a infraestrutura telefônica internet computador até mesmo nos órgãos públicos. Falaram aqui do professor sim ele é o mais importante na escola sem ele não é escola, mas sem uma equipe que o ajude em todos os processos também não há escola porque como ele vai ter os alunos. 






Em meu ver a terceirização sempre existiu no Brasil é só olhar para todos os lados e ver a quantidade de call center e de logísticas eu pergunto principalmente nesta demanda que tiveram de FGTS se não tivesse um atendente de telefone de call center os atendentes (gerentes) de banco dariam conta? É só um exemplo para querer dizer em todos os setores temos terceirização sempre houve. O problema é que eu acreditava que ela já era regulamentada e não era e politicamente falando eles não querem regulamentar somente porque usam de um meio para poder barganhar o povo com falsos empregos. Agora em se falando de  concurso para mim é uma máfia onde há muito que não vejo serem realizados no Brasil e quando eu participava que parei, porque sempre passam umas provas de Coreanos com tantas perguntas impossível de  se responder e as pessoas se matam para estudar e até mesmo já fiquei sabendo de pessoa que ficou doida de tanto estudar para passar e por fim a dificuldade é tanta que nem passam e os que passam demoram para chamar que o concurso caduca, Houve uma vez que eu tanto para passar no Banco do Brasil no inicio dos anos 1990 depois o concurso foi cancelado mandaram fazer de novo fizemos cancelou de novo e depois só voltou a ter outro em 1998 ai eu desisti de tentar. 









E em se tratando de trabalho e especialização os concursados no meu ver não generalizando, mas depois que passam no concurso se acomodam não continuam estudando e não se preparam mais enquanto que alguns terceiros se preparam e se aprimoram também não generalizando, outra coisa as empresas que fazem o trabalho de terceirização como prestação de serviço em sua maioria não são nacional como, por exemplo a IBM e outras que exigem até mais preparo do terceirizado do que o concursado em si principalmente quando se trata de TI, infraestrutura e outros procedimentos é só ver os pré-requisitos nas vagas quando se procura em sites de emprego Ou seja para cada serviço há suas exigências e isto não muda somente porque a empresa é terceirizada. Outra coisa concurso demora anos para realizar e para chamar exemplo caixa econômica. Quanto a capacitação em atendimento vemos que as pessoa que trabalha em lugar publico faz as coisas com mal vontade mal trata as pessoas em escolas, hospitais e qualquer lugar que precisamos de um atendimento, se vai marcar uma consulta te gritam falam ásperas marcam se quiser e não tem carinho com as pessoas e em qualquer departamento, em suas maioria os concursados, agora quando se tem um atendimento terceirizado com treinamento e capacitação exigindo da pessoa com cases e monitoração o modo como tratar as pessoas eles acabam sendo melhor no trato com pessoas uns por obrigação e outros por carinho até mesmo com pessoas de difícil tratamento.



É claro que em todas as esferas, por isto, que temos que pensar como o todo existe os exageros onde vemos muito falar do serviço de terceirização de mão de obra estrangeira aqui no Brasil principalmente de costura que acabam escravizando o trabalhador, mas é por isto que tem que ter uma legislação mesmo que este seja um PJ que ele possa ter um MEI com legislação que o proteja e que o valor de seu trabalho final seja justo não centavos por peça costurada como sabemos e um valor em real sem que haja cobrança de pressão em prazo e que ele tenha liberdade para realizar o trabalho, isto também se tratando do brasileiro que vive nas mesmas condições disse isto do prestador de serviço de costura, mas isto se pode projetar para outras categorias.

Todos vão contra o que eu falar, mas aqui no Brasil enquanto não houver uma cultura financeira de empreendedorismo e dependência,  ficaremos focado neste sistema de falsos direitos o maior direito que temos que ter é ganhar o pão de cada dia acima de tudo, porque é terrível ver pessoas honestas chegar a implorar e dizer que esta desesperado pedindo um emprego como já vi em entrevistas e não ser aprovado em contra partida fica este monte de sindicatos, políticos e não sei o que inventando falsos direitos para  que os patrão fiquem de mãos atadas para empregar. O que estamos vendo é empresas tentando de tudo, mas sem saber qual caminho tomar por conta de tantas regras aguardamos. Não se pode fazer nada hoje que vira um caso trabalhista, ou um processo.

O que vemos aqui é que de todos os lados existe os oportunistas para se elegerem em 2018 em se tratando dos políticos e com o discurso de fora Temer e de golpistas tudo o que este governo fizer daqui para frente seja para bem ou não farão de tudo para dar errado nem que façam e lancem o programas depois com outro nome, exemplo de quando o Fernando Henrique lançou o bolsa escola para as crianças não pararem de estudar criticaram até chegarem ao poder depois criaram os bolsa tudo. Enfim nem que depois usem este programa depois eles farão de tudo para manipular agora a nação para ir contra, mas isto é discurso politico e não meu eu não sou politica, apenas acredito que devem criar sim a terceirização e também uma politica de empreendedorismo para que diminua o desemprego, claro que se for necessário o texto ser revisado é importante, mas não barrado.
Pensem povo como o todo uma pessoa desempregada ele deixa de consumir em todas esferas principalmente nas necessidades básica e em um país que não pensam principalmente na habitação e o setor privado com a especulação imobiliária se aproveita disto, onde uma casa básica de apenas quatro cômodos é vendida a um preço de mais de R$ 300.000,00 aluguéis a mais R$ 500,00 para um cômodo  e não tem nem um programa básico de habitação quando uma pessoa se desemprega e paga aluguel para onde ele vai para o morro para as favelas e até mesmo debaixo das pontes, como disse um politico no seu discurso pensam no direito do empregado esta certo, mas e no desempregado ele também tem que ter o mínimo de direito de que mesmo estando desempregado poder fazer algo que o sustente,  porque até se ele tentar vender algo é proibido, o que não temos aqui no Brasil é a cultura do empreendedorismo. Antigamente qualquer empresa existiam vendedores  porta a porta, por exemplo quem não lembra dos vendedores da Singer que vendiam maquina de costura, os vendedores de roupas e outas coisas como os biscates os marqueteiros como o dono das casas Bahia e o Silvio Santos e outros que por ter espirito empreendedor e a liberdade de empreendedorismo na época conseguiram montar  grandes negócios, mas com a insegurança que há hoje a falta de liberdade para empreender por conta dos impostos e outras regras impostas  e também o desemprego gerado não tem como se vender algo porta a porta assim do nada mesmo que você tenha uma grande ideia ou bom produto  para ser um empreendedor exigem tanto que você não consegue abrir um negócio mesmo que seja especialista , documentações e documentações, impostos e impostos e dinheiro para tudo se cobra muito caro. Meu irmão, por exemplo é farmacêutico quer abrir uma farmácia no bairro em que vivemos e não consegue por conta de um bilhão de exigências e já pedimos ajuda até a políticos, mas não conseguimos. Como se pode trabalhar em um pais que tudo é proibido.




Enfim para finalizar por hoje acredito que tem que liberar a terceirização e o empreendedorismo sem esse absurdo de burocracia e  impostos.




Sobre a fala deste especialista acima já trabalhei com vários tipos de trabalhos informais desde empregada doméstica quando menina á vendedora, entre outras em todo meu tempo de vida e agora há pouco tempo prestei serviço de recursos humanos e também de digitadora para duas pessoas e se eles me chamassem de novo prestaria com maior prazer e deixo bem claro não cobraria deles mais do que posso receber. Faço algumas coisas em casa como já escrevi aqui e acredito que se me dessem oportunidade tanto para mim como meu esposo que conserta maquinas de lavar louça e roupa e outros equipamentos meu irmão que é farmacêutico nós teríamos nosso próprio negócio.











segunda-feira, 27 de março de 2017

A TERCEIRIZAÇÃO E SUA IMPORTÂNCIA PARA O MERCADO DE TRABALHO


Terceirização



Eu vou iniciar meu texto primeiro dizendo o porque apoio a terceirização e depois colocarei aqui alguns pontos que acredito ser importante para o mercado de trabalho, lembrando que Free lance, home office e qualquer prestação de serviço não deixa de ser uma forma de terceirização. É claro que podemos informar que no caso de home office não necessariamente precisa ser terceirizado para se trabalhar. Coloquei estas informação como um prefacio para que possa descrever meu apoio e em seguida destacar a importância. Logo se não der para finalizar em um só teste podemos ampliar como um estudo e assim fazer outras postagens para colocar as informações mais destacadas.




Eu apoio a terceirização porque nos últimos anos somente tenho conseguido emprego por empresa terceirizadas,  no qual nestas empresas sempre tive benefícios, por elas pude estudar mais onde também na universidade aprendi sobre terceirização e li livros como o de  Thomas Friedman o mundo é plano que fala sobre a terceirização abertura de mercado, e até mesmo sobre o home office acredito que estas tecnologias sim além de valorizar a mão de obra dando mais oportunidade de emprego para várias classes de pessoas como deficiente físico (trabalhei em uma empresa que tinha um grande numero de pessoas que eram deficiente físicos com várias deficiências que trabalhavam lá em vários cargos administrativos e técnicos de informática e eram valorizados e amavam o que faziam),  pessoas acima dos 30 anos que estão fora do mercado há anos principalmente as mulheres que muitas deixam de trabalhar por serem mãe, ou por outros problemas pessoais e as empresas normais principalmente nas áreas administrativas param de contratar estas pessoas acreditando que já perderam a experiência ou capacidade de trabalhar até por conta das novas tecnologias, estas empresas ao contratar dão treinamento, onde assim também inserem no mercado de trabalho pessoas que estão fora há anos e com idade avançada até mesmo acima de 60 anos que por algum motivo não se aposentaram.

Não adianta segurar a mão de obra para poucos e ficar uma população a mercê do desemprego. Eu acredito  que seja mais fundamentada esta questão  o mais rápido e sancionada esta lei que na verdade sabemos que como terceirização é uma coisa bem antiga desde a segunda guerra mundial não era para ficar parada todos estes anos aguardando uma aprovação de lei. Sabemos que para que haja abertura de mais empregos se faz necessário a aprovação da terceirização é cabível duvidas, mas entendemos os sistemas de empregos que temos hoje são precários antigos falta de mão de obra em todos os setores e quando das contratações  passam a exigir tanto que acabam por não contratar os concursos públicos demoram para serem abertos e quando fazem a burocracia para contratar além da demora e das exigências faz com que setores com necessidade de demanda fica na espera e na precariedade do atendimento, exemplo,  médicos em hospitais recepções de departamentos, bancos com filas intensas e escolas sem professores.  Uma repórter disse que terceirização no Brasil era somente para trabalho de limpeza e segurança, ela errou, porque sabemos que a  terceirização já há muito existe e desde os anos 90 existem várias áreas terceirizadas  eu particularmente tenho trabalhado desde 2008 em empresas de Call center, mas já em 1998 trabalhei em uma empresa terceirizada de logística que são duas áreas que mais crescem. Porém antes disso já se falavam em terceirização quando para alguns chamavam de "as gatas" sempre assustou muitas pessoas esse trabalho porque, por exemplo, a IBM que tem entrado hoje no mercado de terceirização ela paga para um funcionário X R$ 1.000,00, porém o terceirizado ela pagaria R$ 933,00 que é o salario mínimo, porém estes funcionário que é terceirizado se fosse entrar nas exigências da empresa talvez teria mais dificuldade no processo do que um funcionário terceirizado. Entendemos que as exigências do mercado e as novas tendências as regras as vezes acaba se estendo para as duas categorias que se pesando na balança acaba dando no mesmo em alguns termos, mas pensamos, por exemplo, é claro que um atendente por telefone de banco que passa dados sigilosos que trabalha 6 dias por semana um dia a mais do que um funcionário do banco normal e as mesmas 6 horas que ele ganha até mesmo 3 vezes menos que ele, mas se dependesse hoje esta multidão que tem conta corrente para depender apenas de atendimento de 4 pessoas dentro de agencia para vários procedimentos o que aconteceria?

Então é bom ter a terceirização.

Mas seria bom que pudéssemos mostrar aos parlamentares que fosse valorizado os salários dos atendentes por telefone, por exemplo, porque ele não faz concurso sim, mas tem o processo seletivo que muitas vezes é bem acirrado ainda mais agora em época de crise e o cliente para ser atendido por telefone é o mesmo que esta na agencia tem que ter segurança com tudo o que é informado a ele.


Outra coisa tem que criarem um projeto de lei para facilitar a criação de empreendedorismo no Brasil acabando com estas politicas e burocracias de impostos.

Com tudo isto acredito que a importância da terceirização, por mais que pese na questão de salário traz mais oportunidade e atende mais rápido uma demanda de mercado de trabalho que fica a mercê das burocracias principalmente quando se trata de serviço publico pessoas irritadas e cansadas trabalhando muito sozinha num lugar que poderia ter mais pessoas, exemplo, uma recepção de pronto socorro fica uma pessoa por horas fazendo ficha sendo que poderia ser colocado dez pessoas e atender bem mais rápido.

Para finalizar estes dias fui pegar o trem em horário de pico a fila para compra de passe era imensa com duas pessoas apenas atendendo e os outros guichês fechados. Porque será que isto acontece?

Em outro momento vou passar um pouco de conhecimento técnico aqui para falar mais de terceirização.










quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

A NATUREZA NOS SURPREENDE COM SUAS IMAGENS LINDAS.


A NATUREZA NOS SURPREENDE COM SUAS IMAGENS LINDAS.



Não sei por quanto tempo ainda irei ver essas lindas imagens, porque com o crescimento desordenado da cidade pode ser que um dia isto acabe,  por este motivo resolvi gravar parte delas que capturei em alguns dias para ficar guardado em meu blog.

28
Porque sei que nem todas as pessoas conseguem ver imagens como estas, principalmente quem mora em centros urbanos, que somente vê o cinza dos prédios e as pichações e ou  o abandono devorado pela destruição como é o centro de SP.





21
Por do sol um final de tarde.

14
A paisagem que fica fundo da vila onde moro perto de minha casa vista de minha janela.

70
Arco iris que apareceu estes dias aqui.
8
Morro no fundo de meu quintal.
66
Morro tirado por outro angulo
70
Fim de tarde
65
Por de sol por outro angulo
42
Montanha por outro angulo

64

Plantação de milho em meu quintal
49
Sol
62
Pé de amora  no quintal
56




terça-feira, 31 de janeiro de 2017

ALGUNS DE MEUS TRABALHOS DE RECICLAGEM

ALGUNS DE MEUS TRABALHOS DE RECICLAGEM



Estava há bastante tempo sem postar, mas hoje resolvi colocar aqui umas fotos dos meus trabalhos sendo de reciclagem de jornal e outros materiais.


15673397_1380499531962793_1111773404_n















São somente algumas poucas peças um pouco tímidas,  mas com o tempo irei fazer mais com minha cunhada e outras coisas que ela também faz e assim irei aos poucos postar.




15713347_1380499581962788_1108288360_n (1)
















Assim aos poucos iremos colocar nossas criações.

15712951_1380499565296123_1786371426_n